Sem estilo

Lamento só escrever quando estou para baixo. Talvez se o fizesse mais a miude me sentisse melhor. Talvez soltasse mais os meus medos e paranoias, pensasse menos nas coisas, vivesse mais desafogado, sem a constante sofreguidão. Não precisa de ser uma escrita bela e elaborada, em verso ou a mais complexa prosa. Apenas escrita sentida, mesmo que para a maioria não faça sentido. Soltar os sentimentos em palavras de vez em quando desconexas. Deixar fluir o que vai dentro da alma sem preocupação no estilo. Por isso, se por ventura alguém ler a minha escrita, não se desiluda pela falta de estilo ou compustura. São apenas estados de alma postos em palavra.

Comentários

Tânia disse…
concordo com este teu post... acho que devias apostar nisso (escrever não só quando estás triste)...
"Talvez soltasse mais os meus medos e paranoias, pensasse menos nas coisas, vivesse mais desafogado, sem a constante sofreguidão." =)
beijo

Mensagens populares deste blogue

amei, amava e amo...

EcLiPsE

Extrato do Comboio da vida...